História

A Vinicola Cainelli

As condições de vida já não eram tão boas na cidade de Civezano, Itália. Faltava comida, emprego, remédios e principalmente felicidade. Então, o jovem empreendedor Gaspparo Cainelli decidiu embarcar no navio para enfrentar 90 dias no mar em direção ao Brasil, em direção a Bento Gonçalves, para uma vida melhor e mais digna.

Desembarcando no porto de Santos, muito ainda o aguardava. O governo o encaminhou para mais 20 dias de viagem em direção ao Sul do país, para a província Dona Isabel (conhecida hoje como Bento Gonçalves), mais precisamente para uma comunidade chamada Addolorata, referência a Nossa Senhora das Dores, padroeira da comunidade. Ali, Gaspparo se estabeleceu e iniciou a história da família Cainelli, datando aproximadamente o ano de 1875.

Gaspparo trouxe em sua bagagem, além do sonho de uma vida melhor, parte de sua origem. E nesta, a vontade de cultivar a videira, elaborar vinhos, construir a Itália que ele já não tinha mais.

Através das mãos de um de seus filhos, Ricardo, este desejo teve início. Ricardo teve 11 filhos, e então a família iniciou o cultivo e a elaboração de vinhos, onde cada um recebeu uma função dentro da vinícola.

No entanto, a empresa começou a sentir o peso de sustentar uma família tão grande, uma vez que os 11 irmãos agora estavam casados e com filhos. Como uma medida de desespero, a vinícola encerou suas atividades por volta do ano de 1960.

Mas, dizem que o amor pelo vinho corre no sangue dos vinhateiros e anos depois, o filho de um dos 11 irmãos, Roberto Antônio Cainelli, sentiu o mesmo vazio que seu bisavô Gaspparo sentira anos atrás. E então ressuscitou a história da Vinícola Cainelli, destinada à elaboração de grandes vinhos, mantendo assim o sonho de um corajoso rapaz que largou tudo para formar uma nova história, uma nova família.

Atualmente, todos da família são movidos pelo mesmo sonho e com o simples objetivo de fazer toda essa história se somar a outras, através dos vinhos.

Hoje, à frente da elaboração dos vinhos está a quinta geração da família, Roberto Cainelli Júnior, enólogo, que administra e elabora os vinhos, buscando transmitir em cada garrafa, o sentimento, as lágrimas e os sorriso desta longa história.

Vinícola Cainelli, bem vindo ao nosso mundo!